Diferenças entre Collies, Borders e Ovelheiros

Quando saio com as meninas é super comum as pessoas confundirem com border ou collie, e, muitas vezes, nem saberem que raça é. A Maia, pela sua cor, sempre é chamada de Lessie, aquele dos filmes das décadas de 80/90. Mas não é difícil mesmo confundir, pois são semelhantes em estrutura e função e além dos collies terem uma boa parcela na genética dos ovelheiros!

De leigo para leigo, temos várias pequenas diferenças que podem ser observadas com certa facilidade para identificar uma raça ou outra:

Cabeça e focinho: Collies e Ovelheiros são mais triangulares e focinho mais longo enquanto os bordes tem focinho mais curto e cabeça um pouco mais quadrada (parece maior e mais forte). Mesmo assim, o focinho do collie é mais fino e longo que do ovelheiro, borders mais curto e mais largos em relação aos Ovelheiros.

Stop: é o ponto que separa a testa do focinho. Aqui temos uma escadinha: Collies é bem suave, Ovelheiros de suave a moderado e nos Borders é mais marcado!

Pelagem: em geral os Collies tem uma pelagem mais longa e uma juba exuberante, Ovelheiros tem os pelos são médios e podendo ou não formar a juba porém menos abundante e os borders possuem duas linhagens, uma de pelos mais curtos e outra com pelos médios.

Tamanho: de novo temos escadinha, Collies são maiores, depois os Ovelheiros e por fim os Borders.

Energia: sem dúvida os borders são os campeões neste quesito!

Cores: Acredito que os Ovelheiros e Borders possui uma grande variedade de cores, exceto o predominantemente branco que não é aceito no Border.

Eu acabo sempre olhando a cabeça para identificar essas três raças, além do tamanho.

Pastoreio e Trabalho

A forma de pastoreio também é bem diferente entre as raças. Eu desconheço Collies que pastoreiam no Brasil mas conheço Ovelheiros e Borders que trabalham. Mas sei que os Ovelheiros e Collies pastoreiam de forma semelhante empurrando o rebanho enquanto os Borders juntam.

O Ovelheiro foi desenvolvido nos pampas para trabalhar principalmente em campo aberto, fazer a guarda do rebanho e ser companheiro da família após o trabalho. Essas características moldaram a forma que o Ovelheiro faz o pastoreio.

Eles usam muito o latido para empurrar e agrupar o rebanho bovino, sempre correndo. Os animais mais arredios e ariscos recebem também a famosa mordida nos garrões (calcanhares) ou uma avançada para intimidar. O rabo sempre em pé, indicando concentração. Apesar de avançar e morder, não são agressivos com o rebanho e a mordida é leve. Diz-se que o bom Ovelheiro toca de forma diferente bovinos de ovinos. Com as ovelhas eles evitam latir e morder mas, caso tenha alguma mais teimosa, eles usam o latido e as avançadas para desempacar.

Vejam alguns videos no YouTube de Ovelheiros trabalhando aqui e Collies aqui.

Os Borders atuam com uma conexão no olhar, movimentos precisos e rápidos e sem latir, com o rabo entre as perdas e com o corpo bem abaixado, num processo de repetição de avançar muito agachados, posicionar e parar. Por não latirem (ou pelo menos não excessivamente) eles diminuem o nível de stress dos animais que trabalham e terminam por realizar o trabalho com eficiência e rapidez!

Veja os videos de Borders aqui.

Características

Ovelheiro

De pelagem não muito longa e de cores varias, tamanho e estrutura medianos, a raça possui grande resistência, agilidade e rusticidade. A cabeça é triangular e o focinho forte e reto, com proporção 1:1 em relação ao crânio. Mordida em tesoura. As orelhas são de inserção alta e triangulares, podendo ser eretas, semi-eretas ou em botão. Dorso forte e firme com leve elevação no lombo (curto) e a garupa é levemente arredondada. Cauda grossa de inserção alta e pelagem longa na parte inferior. Os membros anteriores são paralelos, firmes, com dígitos fortes… pés de lebre. Os posteriores são bem angulados e com jarretes curtos. Altura: 50 a 65 cm. Peso: 20 a 35 kg. Expectativa de vida: de 13 a 15 anos.

O padrão da raça pode ser lido na íntegra no site da CBKC.

A Maia é a amarela (mais velha), depois temos a Gaia que é branca (do meio) e a Dakota que é a Merle (caçulinha da casa)

Collie Pelo Longo

Os Collies pelo longo evoluíram a partir de cães trazidos originalmente para a Escócia pelos Romanos que, então, acasalaram com tipos nativos. Sendo a versão refinada do Collie original de trabalho. Cão de grande beleza, expressão doce e inteligente. Amistoso, sem qualquer vestígio de nervosismo ou agressividade. A cabeça apresenta uma figura cuneiforme com limites bem definidos por um contorno suave. As linhas superiores do crânio e do focinho são paralelas e de igual tamanho, separadas por um “stop” suave, mas perceptível. Olhos de tamanho médio (nunca muito pequenos), de inserção ligeiramente oblíqua, formato amendoado e cor marrom escuro, exceto nos azul-merle, nos quais podem ser azuis. Orelhas pequenas, inseridas no topo do crânio e separadas por um espaço moderado. Em repouso, portadas para trás, mas, em alerta, trazidas para frente e portadas semieretas. Tronco ligeiramente longo comparado com a sua altura. Cauda longa, em repouso, portada baixa. Membros anteriores retos e musculosos, patas ovais. Coxas musculosas, joelhos bem angulados, jarretes curtos. Pelagem muito densa, mas deve revelar o contorno do cão. Pelos retos, de textura áspera, com subpelos muito suaves, densos e bem fechados. Pelagem abundante na juba, ventre e cauda, curta na face e porção cranial dos membros anteriores, bem franja nos membros. Cor: “Sable” (qualquer nuance desde o dourado claro ao mogno escuro), tricolor e azul-merle. Todas as cores podem apresentar marcações brancas típicas da raça (colar branco, completo ou parte dele; antepeito, pernas e patas brancas, ponta da cauda branca, menos frequente na face). Altura na cernelha: machos: 56 a 61 cm. fêmeas: 51 a 56 cm. Peso: 18 a 30kg. Expectativa de vida: 14 a 16 anos.

O padrão da raça pode ser lido na íntegra no site da CBKC.

Border Collie

Dentre os cães de pastoreio, o Border Collie se encaixa mais no perfil de juntar, como um kelpie, em oposição a cães que empurram, como os Australian Cattle Dogs, Pastores Australianos e Ovelheiros.

Trabalhador silencioso, a principal característica do Border enquanto pastor é a utilização do olho (encarar) para controle de rebanho, além da postura de espreita e movimentação baixa.

Costumam ser bem versáteis, se adaptando tanto a diferentes tipos de rebanhos como diferentes situações, sendo utilizados com bovinos, ovinos, caprinos e aves como marrecos e patos. Algumas linhagens podem ser mais específicas que outras, selecionadas para gado bovino, por exemplo.

Pelagem pode ser curta ou moderadamente longa, com variedade de cores, mas a predominância do branco não é aceita. A rusticidade é indesejável, grande agilidade e incansável. A cabeça não tem o occipital pronunciado e a relação com focinho é próxima mas não é 1:1, stop bem marcado e mordida em tesoura. Corpo ligeiramente mais comprido que sua altura. A inserção do cauda é baixa e com a garupa acompanhando. Membros anteriores paralelos e posteriores musculosos. Altura: até 53cm para os machos e fêmeas ligeiramente menores. Peso: de 12 a 20Kg. Expectativa de vida: de 10 a 17 anos

O padrão da raça pode ser lido na íntegra no site da CBKC.

Neste texto, tivemos a contribuição da criadora de Collies e Ovelheiros e também veterinária Luciana Machado, que me ajudou a falar sobre os Collies e me enviou as fotos dos animais da sua criação (Site, Instagram e Facebook) e da Marcela Françoso (GenetiCão), também veterinária, e o Marcelo Andrade do Canil Cunning Rhaegal que contribuíram sobre os Borders

As fotos dos Borders, peguei todas na internet. Caso alguma eu esteja usando de forma errada ou sem autorização, por favor, entre em contato!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: